Questoes texto Duranti
1-Descreva o trabalho de Mabillon que marcou o nascimento da diplomática e da paleografia.


2- Um documento pode ser legalmente falso e historicamente autentico? De um exemplo.




3-Para a diplomática qual é o conceito de original?


4-Segundo Duranti, existe uma diferença entre autenticidade legal, diplomática e histórica. Ela mostra que um documento pode ser legalmente  e historicamente autenticos e nao ser diplomaticamente autentico. Para explicar essa diferença ela explica dois termos. quais seriam esses termos, seus conceitos e suas diferenças?
4 Responses
  1. Arquivufo Says:

    Pergunta 01: Ele separou 200 documentos em amplas categorias e examinou aspectos diferentes como: suporte, tinta, linguagem, escritura, pontuação, abreviaturas, fórmulas, etc. Cinco partes do trabalho continha principalmente crítica diplomática, uma parte completa foi dedicada a analise da escrita e poder ser considerado o primeiro trabalho de paleografia.

    Lara Lins´, matrícula 08/33860


  2. Arquivufo Says:

    Raul Dutra M: 08/39361 Pergunta nº 02:

    Sim. Como por exemplo quando antigamente as terras eram invadidas e os documentos originais queimados os donos mandavam falsificar documentos novos, mas eles se tornam legalmente falsos, mas historicamente verdadeiros, pois a informação ali é verdadeira.


  3. Moderador Says:

    Questão 4
    Fábio Nascimento Sousa 08/40467

    Para explicar a diferença entre os tipode autenticidade a autora explica que é necessario entender a diferença entre autentico e genuino. Um documento é autêntico quando se apresenta todos os elementos que foram estabelecidos para fornecer-lhe autenticidade e é genuino quando ele é realmente o que você pretende ser. A diferença desses conceitos é que enquanto no "ser autentico" o documento tem que preencher caracteristicas pre estabecidas, enquanto pra ser genuino o documento tem que ser aquilo que ele se propoe a ser.


  4. Arquivufo Says:

    Pergunta 03

    Givanildo Leal-Matrícula :08/30496

    É um documento perfeito e o primeiro a ser emitido em sua forma particular pelo criador.